Premonição

A vida é feita de altos e baixos, de lados e arestas, de volumes e densidades, de tempos e memórias. E se temos planos inclinados, equilíbrios periclitantes e escolhas aleatórias, é o destino que nos oferece a melhor memória, a do nosso futuro. Quero recordar-me do que ainda vou viver!


7 comentários :: Premonição

  1. É, também quero recordar do que ainda vou viver... Gostei do texto e sempre gostei dessa música é muito linda, bem reflexiva.

    Bjks.

  2. É saber lidar com esses altos e baixos da vida.

  3. Annie: questiono-me; seremos loucos... em 1960 éramos 1 bilião, agora somos 7 e ainda nos pedem para procriar mais??? Se não mudarmos isto acaba mal.
    Beijos

    Fê: sempre! Mas fascina-me o futuro! ;)

  4. Não quero lembrar do que ainda não vivi. O futuro perderia a graça e eu seria um eterno prisioneiro dentro da minha própria vida.
    Um abraço.

  5. L.S. Alves: percebo-te, mas não foi nessa perspectiva que o escrevi. Na verdade, a mensagem prende-se com acreditar que vou ter memórias que valem a pena ser recordadas. Contudo, na senda da loucura dos homens, há memórias que serão péssimas se o homem não mudar de atitude.
    Abraço

  6. Este comentário foi removido pelo autor.
  7. Essa música é muito foda

Enviar um comentário

Não desistas à primeira! Escolhe o perfil e, antes de enviares o comentário, faz "copy" do que escreveste. Podes ter de dar mais de um ok. Não é maldade, antes ignorância deste blogue... Seria uma pena não aprender contigo! :)